Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, o registo e a recolha de dados estatísticos.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pelo nosso websiteAo navegar com os cookies ativos consente a sua utilização.

A Casa da Velha Fonte é uma ideia que surge da vontade da família Sousa desenvolver um projeto sustentado fora dos grandes centros urbanos.
“A minha proposta foi constituir uma empresa que reunisse num espaço físico tudo aquilo que o Mundo têm para oferecer”, começa por explicar Maria Caldeira de Sousa, que escolheu a aldeia do Ladoeiro para materializar este projeto.

Em 2015 mudou-se de malas e bagagens de Sintra com o marido, Rui, e o filho de 7 anos.

Quis recomeçar uma nova vida no concelho de Idanha-a-Nova. Porquê? “Pelo potencial para desenvolvimento sustentado, pela paisagem, clima e o excelente trabalho da Câmara Municipal em divulgar a tradição, historia e cultura local, e ainda o empenho desta autarquia para atrair pessoas como eu para o território”, afirma.

A Casa da Velha Fonte é um espaço cultural com notável decoração e estilo, inspirando-se no tradicional e ousando o alternativo, onde coabitam produtos locais e do Mundo, em toda a sua qualidade.

O projeto visa prestar serviços a toda uma comunidade, “mimando e acarinhando todos os nossos conterrâneos da aldeia do Ladoeiro e quem nos visita”, refere Maria Caldeira de Sousa.

É uma cafetaria, loja e papelaria que não hesita em organizar atividades como tertúlias, momentos musicais, exposições, caminhadas noturnas, jogos tradicionais, viagens…entre tantas outras possibilidades.

“Este projeto para além de ser sustentável, é ainda altruísta, pois é minha intenção torná-lo um espaço de partilha com o povo local, para que possa servir toda a aldeia”, conclui a empreendedora.

 

Venha Recomeçar em Idanha-a-Nova!

Aqui esperamos por si, pela sua família e pelas suas ideias.