Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, o registo e a recolha de dados estatísticos.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pelo nosso websiteAo navegar com os cookies ativos consente a sua utilização.

A tradição pode coabitar com a inovação. É o ensinamento a retirar do sucesso da Queijaria Flores, uma empresa familiar que introduz nos mais genuínos sabores tradicionais a mais-valia da certificação biológica.
Maria Manuela Flores, gerente desta queijaria artesanal, 53 anos, conhece como poucos os saberes e tradições do Rosmaninhal. Ali, na terra que sempre foi a sua, decidiu materializar um sonho que a acompanhava ao longo da vida.

Foi em 2015 que a produtora encontrou uma oportunidade à medida do seu talento. Um conjunto de novas infraestruturas, construídas nesse ano, vieram reforçar o fabrico dos queijos biológicos com que Maria Manuela Flores quer conquistar os mercados nacionais e internacionais.

As obras contemplaram uma sala de entrada do leite, onde se encontra o tanque de refrigeração, uma sala de fabrico do queijo, sala para fabrico de requeijão, sala de lavagem de utensílios, sala de escorrimento e de primeira maturação, sala de segunda maturação e ainda uma sala de embalamento e de expedição, bem como uma despensa para o armazenamento das matérias-primas necessárias.

Nesse mesmo ano, os produtos da Queijaria Flores já viajaram até Nuremberga, na Alemanha, onde estiveram em grande evidência na BioFach, a maior feira mundial do sector biológico.

O queijo produzido no Rosmaninhal, único queijo biológico português representado naquele certame, sobressaiu num espaço que congrega anualmente milhares de produtores, comerciantes, distribuidores e importadores.

O concretizar de um sonho é o Recomeçar de Maria Manuela Flores, que tem o privilégio de o conseguir acompanhada por aqueles de quem mais gosta: a família.

Venha Recomeçar em Idanha-a-Nova!

Aqui esperamos por si, pela sua família e pelas suas ideias.